16 - Formação continuada e pós-graduação de professores

Formar, em nível de pós-graduação, 50% dos professores da Educação Básica, até o último ano de vigência deste PNE, e garantir a todos os(as) profissionais da Educação Básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

Objetivo: Até 2024, ter metade dos professores da Educação Básica formados na Pós-graduação.
Resultado parcial: Em 2017, 36,2% dos professores da Educação Básica tinham Pós-graduação.

Objetivo 2: Até 2024, garantir que todos os professores da Educação Básica tenham acesso a um aperfeiçoamento profissional, chamado de formação continuada, em sua área de atuação.
Resultado parcial: Em 2017, 35,1% dos professores da Educação Básica tinham acesso à formação continuada.

Desafios: oferecer uma formação continuada de qualidade e que supra as demandas e desafios enfrentados por cada professor, de forma a suprir as lacunas na formação inicia, ao mesmo tempo em que o mantém em constante aperfeiçoamento no trabalho. É importante que o Ministério da Educação cumpra seu papel de fiscalizador, assegurando uma qualidade mínima para os cursos de pós-graduação ofertados.

Formar, em nível de pós-graduação, 50% dos professores da Educação Básica, até o último ano de vigência deste PNE, e garantir a todos os(as) profissionais da Educação Básica formação continuada em sua área de atuação, considerando as necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

Dados disponíveis para País, Região, Estado, Munícipio

Um dos pontos da meta 16 estabelece que, até 2024, todos os professores recebam formação continuada em suas áreas de atuação, ou seja, um aperfeiçoamento profissional. Os dados utilizados por este indicador são do Censo Escolar, pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em 2017, apenas 35,1% dos docentes da Educação Básica recebiam esse tipo de formação, em números absolutos, quase 788 mil. Este indicador apresentou variações durante os anos, e restabeleceu um crescimento de 21,8 pontos percentuais em comparação a 2007.

Esses dados também podem ser analisados de acordo com a etapa ou modalidade na qual o educador leciona. A Educação Especial é a que possui a maior porcentagem de professores com formação continuada em 2017: 66,9%. Depois, com valores muito próximos, vem: Pré-escola (40,7%), Anos Iniciais do Ensino Fundamental (38,9%) e Creche (38,3%). Por fim, os menores índices são das etapas: Educação de Jovens e Adultos (33,8%), Anos Finais do Ensino Fundamental (31,5%) e Ensino Médio (28,5%).

 

monte seu dossiê

Fonte: MEC/Inep/DEED/Censo Escolar

Elaboração: Todos Pela Educação

estratégias da meta


  • 16.1 - Planejamento estratégico

    Realizar, em regime de colaboração, o planejamento estratégico para dimensionamento da demanda por formação continuada e fomentar a respectiva oferta por parte das instituições públicas de Educação superior, de forma orgânica e articulada às políticas de formação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

    acesse
  • 16.2 - Política nacional de formação de professores

    Consolidar política nacional de formação de professores da Educação Básica, definindo diretrizes nacionais, áreas prioritárias, instituições formadoras e processos de certificação das atividades formativas.

    acesse
  • 16.3 - Acervo de obras

    Expandir programa de composição de acervo de obras didáticas, paradidáticas e de literatura e de dicionários e programa específico de acesso a bens culturais, sem prejuízo de outros, a serem disponibilizados para os professores da rede pública de Educação Básica, favorecendo a construção do conhecimento e a valorização da cultura da investigação.

    acesse
  • 16.4 - Portal do professor

    Ampliar e consolidar portal eletrônico para subsidiar a atuação dos professores da Educação Básica, disponibilizando gratuitamente materiais didáticos e pedagógicos suplementares, inclusive aqueles com formato acessível.

    acesse
  • 16.5 - Bolsa de estudos

    Ampliar a oferta de bolsas de estudo para pós-graduação dos professores e demais profissionais da Educação Básica.

    acesse
  • 16.6 - Plano Nacional do Livro e Leitura

    Fortalecer a formação dos professores das escolas públicas de Educação Básica, por meio da implementação das ações do Plano Nacional do Livro e Leitura e da instituição de programa nacional de disponibilização de recursos para acesso a bens culturais pelo magistério público.

    acesse