7.26 - Educação escolar no campo para grupos étnicos

Consolidar a educação escolar no campo, de populações tradicionais, de populações itinerantes, de comunidades indígenas e quilombolas, respeitando a articulação entre os ambientes escolares e comunitários, e garantindo o desenvolvimento sustentável e preservação da identidade cultural; a participação da comunidade na definição do modelo de organização pedagógica e de gestão das instituições,consideradas as práticas socioculturais e as formas particulares de organização do tempo; a oferta bilíngue da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental, em língua materna das comunidades indígenas e em língua portuguesa; a reestruturação e a aquisição de equipamentos; a oferta de programa para a formação inicial e continuada de profissionais da Educação; e o atendimento em Educação Especial.

Estratégia em andamento, considerando os programas da SECADI.

Contexto

Além das diretrizes curriculares nacionais aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (ver estratégia 7.1), há programas nacionais voltados para as propostas dessa estratégia, tais como Educação Quilombola, Saberes Indígenas na Escola, Programa de Apoio à Formação Superior e Licenciaturas Inter...

Ver mais