6 - Educação integral

Oferecer Educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos(as) alunos(as) da Educação Básica.

Mais localidades
Adicionar localidades
Trocando em miúdos
O Plano Nacional de Educação (PNE), em vigência desde 2014, estabelece em sua Meta 6 que no mínimo 50% das escolas públicas devem oferecer educação em tempo integral até 2024. Para ser considerada uma escola em tempo integral, ela deve ter pelo menos um dos seus alunos em jornada média diária de sete horas. Cabe destacar, no entanto, que o conceito de Educação Integral pressupõe a organização de atividades com base em um projeto pedagógico e não apenas o cumprimento da carga horária. Essa dimensão não é captada pelo indicador apresentado. A criação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), ...
Ver mais

Indicadores auxiliares

Escolas da Educação Básica por quantidade de alunos matriculados em tempo integral
Escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio por quantidade de alunos matriculados em tempo integral
Escolas de Educação Infantil por quantidade de alunos matriculados em tempo integral
Escolas de Ensino Fundamental por quantidade de alunos matriculados em tempo integral
Escolas de Ensino Médio por quantidade de alunos matriculados em tempo integral
Mais localidades
Adicionar localidades
Trocando em miúdos
O indicador mostra a quantidade de escolas da Educação Básica de cada localidade pela proporção de suas matrículas feitas em período integral. Há três níveis de proporção (mais de 50%, mais de 75% e 100% das matrículas) e desagregação por redes.
A apuração deste indicador considera o número de alunos matriculados em jornada média diária de sete horas. Cabe destacar, no entanto, que o conceito de Educação Integral pressupõe a organização de atividades com base em um projeto pedagógico e não apenas o cumprimento da carga horária. Esta dimensão não é captada pelo indicador apresentado.
Ver mais
Mais localidades
Adicionar localidades
Trocando em miúdos
A meta 6 do Plano Nacional de Educação (PNE), em vigor desde 2014, estabelece que pelo menos 25% dos alunos da Educação Básica sejam atendidos em tempo integral até 2024. Para acompanhar essa meta, foi elaborado pelo Todos Pela Educação um indicador que compara o número de matrículas em tempo integral na rede Pública ao total de matriculados na Educação Básica pública. A apuração deste indicador considera o número de alunos matriculados em jornada média diária de pelo menos sete horas.
Os dados revelam que houve um crescimento continuado e expressivo de 2011 a 2014 na taxa de matrículas...
Ver mais

Indicadores auxiliares

Média de horas-aula diária
Porcentagem de matrículas da Educação Básica em atividades complementares de dança por sexo
Mais localidades
Adicionar localidades
Trocando em miúdos
O indicador calcula a média de horas-aula ministradas nas escolas para cada etapa de ensino. São consideradas apenas as turmas de escolarização na modalidade Regular. Há dados para o Brasil, regiões, estados e municípios.
Ver mais